CONFIABILIDADE DE SISTEMAS EM SEU CONDOMÍNIO - Condominio em Ordem
Home / Administração e Gestão / Comicionamento / CONFIABILIDADE DE SISTEMAS EM SEU CONDOMÍNIO

CONFIABILIDADE DE SISTEMAS EM SEU CONDOMÍNIO

É possível tornar objetivo e dimensionarmos o grau de confiabilidade (Reliability) em um sistema de segurança com esta ferramenta de gestão.

 O assunto é intensamente aplicada por gestores do segmento de manutenção em industrias e lugares onde os sistemas possuem um grande time de engenheiros e responsáveis presente constante, infelizmente na grande maioria dos condomínios, não é possível manter uma equipe presente para cuidar de todos os sistemas do edifício, pensando nisto a CONDOMINIO EM ORDEM  traz em uma linguagem mais simples informações importantes o quais os síndicos devem se adequar de modo a poder efetuar a gestão dos sistema de seu prédio. Para amparo técnico iremos trazer conceito que é descrito na ABNT NBR 5462 Confiabilidade e maneabilidade.

O termo confiabilidade surge por volta de 1950, e pode ser adequada a sistemas; superando, portanto, a mera avaliação pontual de produtos e equipamentos. Os sistemas de segurança e respectivos subsistemas podem ser avaliados e medidos quanto à confiabilidade.

Para alinhamento de todos, a definição de confiabilidade (R) é probabilidade que produtos ou processos desempenharem as funções para as quais foram projetados, em um determinado instante ou intervalo de tempo. Já a definição de Falha (F) como sendo defeito ou condição anormal que pode ocorrer em um sistema e impedir o seu bom funcionamento. É o inverso da Confiabilidade. Para isto há uma formula simples

F = 1 – R

Mas o que isto tem a ver com seu condomínio, para isto vamos trazer um exemplo prático de um condomínio o qual você poderá criar valores e comparar com demais síndicos para ter ciência se seu sistema apresenta um bom desempenho.

Quantas vezes o portão de seu condomínio apresenta problemas no mês, qual as causas do problema e qual a periodicidade que os mesmos ocorrem? Isto também poderá ser feito a todos os sistemas do edifício e com base em dados deste tipo, comparando com edifícios com sistemas semelhantes é possível identificar a confiabilidade de seu sistema assim, como contribuir com estudo do momento oportuno onde o grau de confiança esteja diminuindo e deste modo promover uma reforma no sistema, também poderá comparar com indicadores semelhantes com seus amigos síndicos e deste modo saber se seu sistema apresenta padrões de confiabilidade dentro do esperado.

Todo sistema necessita ser monitorado, e ações preventivas podem ter sua periodicidade alterada de modo a manter o mesmo padrão de confiabilidade com gastos menores, além dos financeiros diretos, o custo do sistema inoperante e os problemas gerados no convívio no condomínio.

Imagina quantas vezes sua credibilidade de sindico, profissional ou voluntário é criticada, cada vez que o portão fica quebrado por exemplo.

O objetivo neste momento é o de sensibilizar e motivar pesquisas, debates e estudos a respeito deste tema. Estou certo que poderão identificar um universo muito interessante de ideias e novas perspectivas para o desenvolvimento de ferramentas aplicáveis na gestão, comunicação e diversos outros campos da segurança empresarial.

Recomendo venham considerar as hipóteses de: Ponderação de critérios para avaliar a confiabilidade de cada subsistema; confiabilidade de aspectos humanos; indicadores de tempo médio entre falhas; dentre tantos outros.

 

Comentários do Facebook

About André de Pauli

André de Pauli
Engenheiro Civil e Engenheiro de Segurança do Trabalho. Postulante PMP - Project Management Professional e CPP - Certified Protect Professional. Auditor TAPA - Transported Asset Protection Association. Desde 1990: profissional staff em empresas de segurança privada, serviços de facilites e consultorias especializadas. Periodista e coautor do livro “Segurança para Gestores Condominiais” – lançado pela Educamais EAD em 2017. Sócio diretor da empresa de consultoria em segurança MSN – Managers Security Network. Administrador do Grupo Segurança Condominial no Facebook – 3 anos e mais de 3.600 integrantes.

Check Also

CONDOMÍNIO NOVO

SÍNDICO DE UM CONDOMÍNIO NOVO, O QUE FAZER

Vamos detalhar neste artigo, as primeiras ações que um SÍNDICO deve realizar para receber e …

Atitude do Brasil
RSO Assessoria