ELEVADORES DEMANDAM CUIDADOS E ATENÇÃO AS MANUTENÇÕES - Condominio em Ordem
Home / Gestão da Manutenção / Elevadores / ELEVADORES DEMANDAM CUIDADOS E ATENÇÃO AS MANUTENÇÕES

ELEVADORES DEMANDAM CUIDADOS E ATENÇÃO AS MANUTENÇÕES

ELEVADORES

Conjunto de equipamentos com acionamento eletromecânico ou hidráulico, destinado ao transporte vertical de passageiros ou cargas entre os pavimentos de uma edificação. O elevador é o equipamento mais utilizado por quem mora em edifícios, para transporte, por isso, o síndico deve adotar todas as medidas para garantir o bom funcionamento e a segurança dos equipamentos para seus usuários.

Além de estimular o correto uso por parte dos moradores, afixando as dicas da empresa responsável pela manutenção nos quadros de aviso do condomínio, o síndico deve observar regularmente o funcionamento do elevador, para verificar se o equipamento apresenta qualquer alteração no funcionamento.

Havendo necessidade, problemas ou ações que demandem a paralização do sistema, o elevador deve ser interditado e a empresa de manutenção acionada imediatamente se houver desnível de cabine e quando o equipamento estiver parando entre dois andares ou andando com a porta aberta, são sinais de que o elevador está com problemas técnicos.

O condomínio não deve permitir acesso de moradores ou estranhos à casa das máquinas e nem que essa área seja usada como qualquer outra função senão as descritas no projeto de elevador, do mesmo modo, são fundamentais que o síndico alerte os condôminos quanto aos riscos de acidentes causados por brincadeiras dentro do elevador, como pular, balançar ou forçar a abertura da porta automática.

O zelador deve ser orientado a manter a casa de máquinas sempre trancada e ventilada, e permitir acesso somente as pessoas autorizadas, além de controlar a frequência das inspeções. Em caso de qualquer irregularidade, ele deve desligar o elevador e acionar a empresa de assistência técnica.

O contrato de manutenção de elevadores é obrigatório nos condomínios, também as medidas de segurança nos dias de manutenção, uma serie de ações devem ser tomadas pelo condomínio de modo a evitar riscos, quedas, ou acesso de curiosos. O condomínio deve providenciar para que placas de sinalização sobre reparos ou manutenções sejam colocadas na garagem, no térreo e nas portas dos elevadores.

O sistema, por estar por demasiadamente atrelado a segurança, e possui um grande valor agregado, demanda atenção a ações que poderão diminuir problemas e consequentes gastos desnecessários, abaixo elencamos algumas recomendações que contribuirão na gestão deste sistema:

  • Apertar os botões apenas uma vez;
  • Colocar acolchoado de proteção na cabine para o transporte de cargas volumosas, especialmente durante mudanças, reformas ou recebimento de materiais;
  • Efetuar limpeza dos painéis sem utilizar materiais abrasivos como palha de aço, sapólio etc.;
  • Em caso de falta de energia ou parada repentina do elevador, solicitar auxílio externo por meio do interfone ou alarme, sem tentar sair sozinho do elevador;
  • Em casos de existência de ruídos e vibrações anormais, comunicar o zelador/gerente predial ou responsável;
  • Evitar acúmulo de água, líquidos ou óleo no poço do elevador;
  • Evitar escorrer água para dentro da caixa de corrida/poço do elevador;
  • Não atirar lixo no poço e nos vãos do elevador, pois prejudica as peças que estão na caixa do equipamento, causando danos e mau funcionamento do sistema;
  • Evitar o uso de água para a limpeza das portas e cabines, utilizar flanela macia ou estopa, levemente umedecida com produto não abrasivo, adequado para o tipo de acabamento da cabine;
  • Evitar pulos ou movimentos bruscos dentro da cabine;
  • Evitar sobrepeso de carga e/ou número máximo de passageiros permitidos indicados na placa no interior da cabine;
  • Evitar o uso de produtos químicos sobre partes plásticas para não causar descoloração;
  • Jamais obstruir a ventilação da casa de máquinas, nem a utilizar como depósito;
  • Jamais tentar retirar passageiros da cabine quando o elevador parar entre pavimentos, pois há grandes riscos de ocorrerem sérios acidentes; chamar sempre a empresa de manutenção ou o Corpo de Bombeiros;
  • Jamais utilizar os elevadores em caso de incêndio;
  • Procurar não chamar dois ou mais elevadores ao mesmo tempo, evitando o consumo desnecessário de energia;
  • Não permitir que crianças brinquem ou trafeguem sozinhas nos elevadores;
  • Não retirar ou danificar a comunicação visual de segurança fixada nos batentes dos elevadores;
  • Não utilizar indevidamente o alarme e o interfone, pois são equipamentos de segurança;
  • Nunca entrar no elevador caso a luz esteja apagada;
  • Observar o degrau formado entre o piso do pavimento e o piso do elevador.

 

CONTRATOS DE EMPRESAS DE MANUTENÇÃO DE ELEVADORES NECESSITAM DE CUIDADOS COM CRONOGRAMA DAS INTERVENÇÕES

Os elevadores além de seus sistemas demandam atenção com fatores externos, como descargas elétricas e atmosféricas. Alguns gestores confiam plenamente na cobertura da seguradora e no ressarcimento da franquia pela concessionaria, mas a conta, em cada problema ocasionado por problemas elétricos podem superar os valores contratados além da constante obrigatoriedade de pagamento das franquias.

ORIENTAÇÃO

O assunto manutenção de elevadores deverá compor o plano de gestão de manutenção do edifício, em conformidade com a ABNT NBR 5674 Manutenção de edificações — Requisitos para o sistema de gestão de manutenção e em consonância com a ABNT NBR 16083/2012 Manutenção de elevadores, escadas rolantes e esteiras rolantes — Requisitos para instruções de manutenção.

 

Comentários do Facebook

About Ronaldo Sá Oliveira

Ronaldo Sá Oliveira
Diretor da RSO ASSESSORIA, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br

Check Also

entulho

ENTULHO, O DESCARTE DAS OBRAS DEMANDA PLANEJAMENTO

O entulho também necessita de planejamento quanto ao descarte na hora de realizar uma obra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RSO Assessoria
Atitude do Brasil