FECHAMENTO DE TERRAÇO, IMPLICA UM POUCO MAIS DO QUE O PESO NA ESTRUTURA

TENDÊNCIA ARQUITETÔNICA, SEM ANÁLISE TÉCNICA E JURÍDICA

Uma tendência usual, em condôminos que buscam mais espaços em seus apartamentos é o fechamento de terraços, onde muitos pensam que podem incorporar a área e ampliar suas salas, ate mesmo criar uma nova utilização para o espaço seja como escritórios, salas de jantar, espaços gourmet que complementam a decoração das salas de estar.

Alguns até lembram do impacto na estrutura que  o vidro poderá gerar, mas a grande maioria esquece é que existem leis de zoneamento, as quais definem coeficiente de aproveitamento, que é um fator que multiplicado pela área do lote indica a quantidade máxima de metros quadrados que podem ser construídos em um terreno, somando-se a área de todos os pavimentos.

O terraço é um ótimo exemplo, pois possui fatores diferenciados das demais áreas do aparamento e do condomínio, muitas vezes não são computados nesse cálculo, estes fatores, visam incentivar a construção de áreas complementares.

O X DA QUESTÃO

Aqui fica o ponto que gostaríamos de elucidas, caso a construtora tenha utilizado todo o coeficiente de aproveitamento do terremos, o fechamento desta área representa um aumento de área construída, podendo ultrapassar os valores permitidos no zoneamento da região.

ATENÇÃO ANTES DAS LIBERAÇOES

Portanto síndicos antes de liberar os fechamentos e criar um modelo tipo de, verifique se a intervenção não poderá gerar passivos que poderão até mesmo ocasionar a aplicação de uma alta multa para o condomínio, interdição administrativa, determinação de desfazimento da obra, pois ela toda se tornou irregular, sobre os riscos de se alterar a estrutura de uma construção já falamos em outro artigo, aonde deixamos o link.

Antes de aprovar tais intervenções no imóvel é necessário consultar a convenção do condomínio e se informar sobre o coeficiente de aproveitamento para não ter que desfazer tudo e ainda ser penalizado.

Comentários do Facebook
Ronaldo Sá Oliveira
Sobre Ronaldo Sá Oliveira 243 Artigos
Diretor da RSO ASSESSORIA e PORTAL CONDOMINIO EM ORDEM CEO, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho, ABNT NBR 16747 de inspeção predial etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas. É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br