IMPLANTE A VERIFICAÇÃO ROTINEIRA E DIMINUA OS GASTOS

O habito de verificações rotineiras, pela equipe de manutenção, contribui na diminuição de gastos e inspeções nos edifícios

Nos tempos atuais, toda economia é bem-vinda, mas segurança e valor do patrimônio não podem correr riscos, por esta razão uma boa pratica é o treinamento de nossas equipes internas, para que de forma sistêmica e rotineira, realize verificações, não estamos incentivando o fim do trabalho profissional e necessário, somente descrevendo uma sugestão para que seu condomínio economize, implementando uma rotina de detecção de problemas, os quais devem ser sanados no início e desta forma gerando enormes economias e mantendo o valor do patrimônio, que o sindico administra.

Existem uma série de vantagens nestas verificações as quais devem ser realizadas por alguém com o mínimo de conhecimento do condomínio, os sistemas e dos riscos a sua segurança nestes levantamentos. As informações devem ser analisadas pelo síndico e ou gestor do condomínio como sua ferramenta de gestão, que irá balizar as ações com ordem de prioridade e relevância para o condomínio, inclusive no nível de segurança, neste caso, segurança física para os usuários e moradores e segurança legal para o síndico ou gestor.

A verificação poderá detectar problemas de falta de conservação, que gera a médio e longo prazo a perda do valor patrimonial e problemas de ordem administrativa, caso as normas de segurança e trabalhistas não sejam atendidas pelo condomínio.

Os riscos de acidentes aumentam consideravelmente quando os equipamentos e sistemas de uma edificação não recebam a devida manutenção.

Conforme estudo de um instituto especializado no assunto, a saúde dos edifícios, demonstra que 66% da incidência dos acidentes prediais têm origem em falhas de manutenção e uso. Os itens de segurança com certeza são uma prioridade. Porém uma simples falta de manutenção pode vir a causar um acidente grave, por isso somente a inspeção poderá demonstrar isto. Ela seria como um check-up da saúde do imóvel.

A frente da gestão predial em condomínios e com uma série de normas obrigatórias, os síndicos podem ser responsabilizados civil e criminalmente por possíveis danos resultantes da má conservação predial.

“O síndico é o responsável legal pelo condomínio e é de sua responsabilidade manter e conservar o patrimônio comum, bem como pela capacitação e habilitação dos profissionais e empresas contratadas pela prestação de serviços ao condomínio.”

A realização destas verificações previne uma série de inconvenientes na rotina de moradores de condomínios, reduzir riscos de acidentes graves, prejuízos e processos jurídicos intermináveis e contribuirá para que os problemas sejam identificados no início de desta maneira os reparos serão muito mais baratos.

Comentários do Facebook
RSO Assessoria
Ronaldo Sá Oliveira
Sobre Ronaldo Sá Oliveira 238 Artigos
Diretor da RSO ASSESSORIA e PORTAL CONDOMINIO EM ORDEM CEO, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho, ABNT NBR 16747 de inspeção predial etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas. É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Periodicidade da inspeção predial em condomínios – Condominio em Ordem
  2. EVITE ACUMULO DA FUNÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DO CONDOMÍNIO. – Condominio em Ordem

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.