PRAGA URBANA EM CONDOMÍNIOS, CONHEÇA E COMBATA
Home / Gestão da Manutenção / Paisagismo / PRAGA URBANA EM CONDOMÍNIOS, CONHEÇA E COMBATA
pragas

PRAGA URBANA EM CONDOMÍNIOS, CONHEÇA E COMBATA

Uma das melhores armas no controle de pragas em condomínios é a conscientização, quando aliada a um serviço de controle de pragas de qualidade, assegura a tranquilidade dos condôminos e da população, além de zelar pela saúde pública.

O controle destas pragas, passa por conscientização de todos e utilização de produto que não se manifeste na população, na saúde dos animais, da saúde pública para se controlar de forma mais eficaz, e que não afete a bagagem hormonal das pessoas.

Medidas internas são as grandes aliadas

É importante que o responsável pela manutenção tenha cuidado por exemplo, com a caixa de esgoto, onde as mesmas devem ser vedadas, assim como as  lixeiras, que devem ser fechada e lavada diariamente, ou pelo menos no dia em que passa o coletor de lixo, estas rotinas são essenciais para evitar a infestação de pragas nas redondezas.

As plantas do condomínio devem ser baixas, para não favorecer o aparecimento de outros invasores como mosquitos e pernilongos.

A periodicidade no controle das pragas, assim como a frequência na limpeza e higienização das caixas d’água são os maiores cuidados a serem observados em um condomínio.

Impacto do paisagismo

Também deverá haver atenção ao paisagismo do edifício, pois áreas grandes de jardim, poderão conter problemas de formiga, que é uma praga que muitos ignoram, mas que podem transitar por ambientes contaminados e transmitir   aos seres humanos doenças que podem até matar.

 

Melhor época para combate

A primavera é a estação perfeita para o início do combate às pragas urbanas nos condomínios, pois nessa época os mesmos invadem (cupim alado) os apartamentos, assim como outras pragas urbanas em busca de alimentos e abrigo por causa do calor.

O correto é agir de forma preventiva, pois os custos e riscos a saúde, depois que os mesmos estão alocados são grandes,

Saiba como combater estas pragas

Baratas

 

Existem mais de 5 mil espécies de baratas em todo o planeta, porém somente 1% delas é tida como praga urbana. As baratas podem transmitir doenças, contaminar alimentos e provocar intoxicações alimentares e diarreias. Por serem noturnas, avistar uma barata durante o dia pode significar infestação.

As medidas que você pode tomar no condomínio, para afastá-las, são:

  • Tampar bem as lixeiras e sacos de lixo;
  • Orientar os moradores a lavarem garrafas de cerveja ou refrigerante antes de descartá-las;
  • Instalar grades nos ralos e bueiros do prédio;
  • Realizar uma dedetização periódica.
Ratos

 

Animais sujos e que vivem em locais tão sujos quanto eles, os ratos podem morder e transmitir doenças como a leptospirose. Existem dois tipos comuns de ratos: as ratazanas, que são boas nadadoras e podem entrar nas unidades pelo vaso sanitário e os ratos de telhado, que escalam bem e podem entrar nos apartamentos subindo pelas paredes. A simples presença desse roedor na área do condomínio deve ser encarada com preocupação.

As medidas que você pode tomar no condomínio, para afastá-los, são:

  • Realizar uma desratização periódica;
  • Fechar bem as lixeiras do condomínio;
  • Fixar bem as tampas dos ralos e bueiros;
  • Evitar acúmulo de materiais de construção ou em desuso.
Cupins

 

Os cupins são silenciosos. Demora até que você note a presença deles no condomínio. Eles chegam por meio do ar ou de madeiras não tratadas, destruindo estruturas de dentro para fora.

As medidas que você pode tomar no condomínio para afastá-los são:

  • Evitar acúmulo de entulhos, principalmente restos de madeira;
  • Sempre que for fazer uma reforma, usar madeira tratada;
  • Ao encontrar uma madeira infestada, destruí-la;
  • Usar telas nas janelas para evitar que os cupins do tipo alado entrem;
  • Vistoriar periodicamente as estruturas de madeira.
Formigas

 

Primeiro lugar no ranking dos insetos com famílias mais populosas, as formigas aparecem em maior número de acordo com a quantidade de alimento que está sendo ofertado a elas. As formigas transmitem patógenos como a salmonela e outras bactérias que causam problemas gastrointestinais.

As medidas que você pode tomar no condomínio para afastá-las são:

  • Orientar os moradores a armazenarem bem os alimentos, de preferência em potes hermeticamente fechados;
  • Buracos, frestas e vãos nas paredes e entre os azulejos devem ser vedados;
  • Acondicionar bem o lixo;
  • Realizar uma dedetização periódica.
Pulgas e carrapatos

 

  • Orientar os moradores que possuem bichos de estimação a lavar o ambiente onde os animais dormem;
  • Tampar buracos nos rejuntes, pois elas se reproduzem neles.
Pombos

 

  • Evitar o acúmulo de água no telhado, parapeitos e topo do prédio;
  • Uso de gel repelente para pombos;
  • Instalação de espículas.
Morcegos

 

  • Orientar os moradores a não deixar água com açúcar para beija-flores;
  • Armazenar as frutas longe das janelas;
  • Tampar buracos no topo do edifício e telhados das garagens.
Escorpiões

 

  • Aplicação de veneno contra escorpião;
  • Proteger ralos e tubulações;
  • Limpar áreas comuns como playground e jardins;
  • Combater outros insetos que sirvam de alimento para escorpiões.

 

Como contratar uma empresa de controle de pragas

A contratação de uma empresa para combate de praga, assim como tudo em condomínio, não deve ser somente pelo menor preço, pois demanda responsabilidade e procedimentos rígidos para não gerar riscos aos moradores, animais e ocupantes do edifício.

O serviço de controle de pragas requer uma série de técnicas planejadas para intervir minimamente com química no local e, ao mesmo tempo, evitar riscos ao ambiente e para as pessoas que trabalham no local. Além disso, determinadas substâncias químicas de controle de animais e insetos só são vendidas para empresas do ramo.

Por estes motivos, é de extrema importância contratar uma empresa que preenche os requisitos essenciais para solucionar o transtorno com as pragas no seu estabelecimento.

 

Requisitos para escolha da empresa de Controle de Pragas

1)     Verifique se a empresa é licenciada pelos órgãos responsáveis

 

Algumas entidades que regulamentam as empresas de controle de pragas são a Anvisa, INEA e IBAMA.

As empresas são certificadas para realizar a manipulação e aplicação de desinfetantes domissanitários registrados no Ministério da Saúde.

Este fato garante a manutenção da saúde e segurança tanto ambiental quanto para os seres humanos durante a execução dos serviços.

 

2)     Responsável técnico com experiência

 

É exigido profissional legalmente capacitado, com nível superior para a garantia de uma atuação responsável com qualidade, eficiência e segurança. Ele é encarregado de supervisionar os serviços prestados, treinar os colaboradores e comprar os produtos desinfetantes domissanitários, que são os repelentes, rodenticidas e inseticidas.

O conhecimento para atuar no controle de pragas é amplo.

O responsável deve ter informações precisas sobre as características e hábitos das pragas urbanas, composição química e os efeitos das substâncias tóxicas e dos venenos (toxicologia), métodos de aplicação e equipamentos para execução do serviço, entre outras informações.

Esse entendimento é necessário a fim de evitar os transtornos criados pelos animais e insetos não comprometendo a saúde do indivíduo, do técnico operador e do meio ambiente.

3)     Orçamentos de acordo com valor do trabalho

 

Valores abaixo da média de mercado são feitos por empresas sem qualificação, que utilizam produtos de baixa qualidade e que não resolvem o seu problema com as pragas urbanas. Sendo assim, desconfie.

Um trabalho sério requer um planejamento completo, com produtos de qualidade e profissionais capacitados. As empresas especializadas investem em sua qualidade continuamente.

4)     Desconfie de quem falar que vai exterminar por completo as pragas

 

Infelizmente é impossível acabar com as pragas urbanas. As empresas de controle de pragas trabalham para controlar infestações integrando medidas corretivas e preventivas.

Um dos objetivos mais interessantes do Controle Integrado de Pragas é que suas estratégias de controle visam reduzir as chances de animais e insetos se adaptarem a alguma prática defensiva utilizada.

 

 

 

Comentários do Facebook

About Ronaldo Sá Oliveira

Ronaldo Sá Oliveira
Diretor da RSO ASSESSORIA, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br

Check Also

plantas

PLANTAS PARA PAISAGISMO CUIDADOS COM AS ESCOLHAS EM SEU CONDOMÍNIO

As plantas, muitas vezes são escolhidas pela sua beleza, quando não há assessoramento para esta …

Atitude do Brasil
RSO Assessoria