ANÁLISES PARA INSTALAÇÃO DE AR CONDICIONADO SPLIT

Ar condicionado é um aparelho que condiciona o ar em espaços fechados, permitindo regular temperatura, umidade, limpeza e ventilação. Os aparelhos do tipo Split levam esse nome porque são divididos em duas partes: uma que fica dentro da casa, evaporadora de onde irá sair o ar e a outra, que fica do lado de fora, condensadora, onde o ar é condicionado, ou seja, tratado.

O ar condicionado Split é o mais usado, mas para instalá-lo, é preciso ter alguns cuidados:

  1. Se há algum impeditivo legal na instalação;
  2. Saber se há estrutura para instalação de que ele precisa;
  3. Escolher a capacidade exata do aparelho e;
  4. Definir em que local da casa ficará cada parte.

 

  1. Se há algum impeditivo legal na instalação

Nem toda edificação foi planejada para instalação de ar condicionado, pois a mesma demanda de capacidade elétrica e pontos de passagem de tubulações, que necessitam ser analisadas para a autorização de sua instalação.

No caso de edificações que não possuem previsão de instalação deste sistema, conforme define a ABNT NBR 16280, se faz necessário estudo por profissional habilitado do impacto no sistema elétrico e pontos de passagem da tubulação, assim como atendimento as diretrizes do condomínio, a respeito de onde instalar os equipamentos, de modo a não comprometer as diretrizes sobre alteração de fachada. Em hipótese alguma o sistema de instalação deverá ser autorizado em edifícios, sem que todos os pontos sejam resolvidos e haja um responsável técnico que ateste que não haverá danos a elétrica da edificação, risco de sobrecarga etc., assim como não haverá impacto na estrutura da edificação para passagem das tubulações e atendimento ao regimento interno, além do responsável técnico pelo projeto e análises dos impactos, também deverá ter um responsável técnico pela instalação e atendimento a legislação, quanto ao descarte das águas que o sistema gera.

Somente se não houver impeditivo, o sistema deverá ser instalado.

 

  1. Saiba o que será preciso preparar na edificação para a instalação do ar condicionado Split

Comece lembrando que, uma parte fica dentro da edificação e outra fora. Escolha o local em que ficará o aparelho de saída de ar e considere que ele é ligado por tubos e fios até a outra parte do aparelho, que deve ficar na área externa. Então, quanto mais próximo, menor será o custo com tubos e com mão de obra. Para a infraestrutura que liga as duas partes do aparelho são usados:

  • Tubos em cobre ou alumínio (também chamado de tubulação frigorífica), com bitolas e espessuras adequadas à carga térmica que você escolher (veja a dica sobre BTUs);
  • Tubulação com fiação elétrica, com cabos dimensionados, conforme a carga do condicionador e um disjuntor exclusivo para cada aparelho de ar condicionado;
  • Tubos de PVC para drenagem da água, ligados à rede pluvial da casa;
  • Se você estiver construindo e for instalar ar condicionado, passe a infraestrutura (os 3 tipos de tubos) nas paredes prontas, no mesmo momento em que o encanador estiver fazendo a instalação hidráulica e em que estiverem sendo colocadas as caixinhas pra tomadas e interruptores. Se sua casa estiver pronta e você decidir instalar o Split, será preciso quebrar passagem para os tubos na parede, no contrapiso ou embutir no forro de gesso. Mas se sua casa for em alvenaria estrutural, não quebre paredes: deixe as tubulações aparentes ou passe pelo forro de gesso;
  • No caso de edificação que há previsão de instalação de ar condicionado, ainda se faz necessária a verificação da instalação e se a mesma está respeitando os locais técnicos para colocação dos equipamentos, o uso de equipamentos, dentro da potência elétrica prevista e descrita no manual de uso da edificação. E se não foi feita nenhuma alteração de encaminhamento das tubulações.

ar-2

 

  1. Calcule a capacidade do ar Split para seu ambiente

Para calcular a capacidade você precisa saber a área do ambiente e se ele tem incidência de sol de manhã ou da tarde.

BTU é a sigla para Unidade Térmica Britânica e é a quantidade de BTUs que determina qual será a potência de refrigeração do seu ar condicionado. Assim, cômodos menores, como quartos, muitas vezes vão receber um split com menor capacidade. Como base orientativa, que necessita ser validada pelo responsável técnico do sistema ou manual de uso da unidade, para a capacidade do Split, use a tabela de referência:

Área Incidência de sol só de manhã Incidência de sol à tarde ou o dia todo
9 m2 7500 BTUs 9000 BTUs
12 m2 9000 BTUs 10000 BTUs
20 m2 10000 BTUs 12000 BTUs
25 m2 12000 BTUs 15000 BTUs
30 m2 15000 BTUs 18000 BTUs
40 m2 18000 BTUs 21000 BTUs
50 m2 21000 BTUs 30000 BTUs
60 m2 22000 BTUs 30000 BTUs
70 m2 30000 BTUs 30000 BTUs

 

 

 

  1. Escolha o melhor lugar para instalar o ar Split

A dica geral é: evite instalar o split em locais da edificação em que a tubulação do ar condicionado interfira nas instalações elétricas ou tubos de água e esgoto. Se não seguir essa dica, chance alta de pepinos à vista!

Evite também colocar a parte de saída de ar nas paredes que pegam muito sol. Não coloque a saída de ar (evaporadora) sobre televisores ou aparelhos de som, nem qualquer equipamento elétrico porque eles podem ser danificados se sair água da evaporadora. Deixe livre a parte da saída de ar, a 15 cm do teto e considere que ela precisa ficar fácil de acessar para a limpeza, manutenção ou troca de filtros.

Já a condensadora deve ser instalada na área externa, em local bem arejado e, de preferência, onde não haja incidência direta do sol, para aumentar a vida útil do equipamento. Lembre-se de tentar deixar as duas partes o mais próximo possível, para diminuir gastos.

 

Principais normas técnicas do sistema:

ABNT NBR 16401-1, ABNT NBR 16401-2, ABNT NBR 16401-3, ABNT NBR 11215, ABNT NBR 10080, ABNT NBR 15627-1 e ABNT NBR 15627-2.

Comentários do Facebook
Ronaldo Sá Oliveira
Sobre Ronaldo Sá Oliveira 239 Artigos
Diretor da RSO ASSESSORIA e PORTAL CONDOMINIO EM ORDEM CEO, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho, ABNT NBR 16747 de inspeção predial etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas. É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.