FISSURAS UM TEMA RELEVANTE PARA EDIFICAÇÕES E SEGURANÇA

Sendo um dos principais pontos de preocupação em estruturas, pois além da parte estética, podem ocasionar vazamentos e infiltrações, treatment comprometer a durabilidade e até mesmo pôr em cheque a segurança e utilização da edificação, esta manifestação patologia representa desvalorização à edificação e causa polemicas entre os ocupantes e vizinhos.

Para os menos informados sobre o tema, acreditam que fissuras surgiam somente como um alívio às sobrecargas de tração, compressão, flexão, torção e cisalhamento, cabe a informação de que a complexidade do tema e a identificação da causa de uma fissura, onde devemos avaliar se a mesma é a ativa, ou seja oscilante ou crescente ou passiva, assim como sua forma, posição, direção e o tipo da estrutura (alvenaria, concreto armado, concreto protendido), pois além das ocasionadas por sobrecargas, destacam-se entre as mais recorrentes as fissuras promovidas por recalque diferencial, por oxidação da armadura e as fissuras de retração (plástica, secagem ou hidráulica, retração química, autógena e térmica).

Aos síndicos cabe a explicação que existem fissuras admissíveis, ou seja, aquelas que são aceitas ou previstas no projeto, determinadas em função do tipo de estrutura e classe de agressividade ambiental, como descreve a norma de Projetos de Estruturas de Concreto ABNT NBR 6118:2014, mas ainda a tempo é imprescindível a análise criteriosa do tema somente pode ser feita por um especialista, engenheiro ou arquiteto com conhecimento estrutural, de deverá identificar a razão da manifestação patológica, pois as características de uma fissura podem parecer semelhantes, porém suas causas podem ser muito diferentes, exigindo rápida intervenção.

Para o tratamento das fissuras há várias soluções tais como: sistemas de injeção de resinas estruturais de base epóxi e poliuretano, que permitem a reconstituição do monolitismo da peça; sistemas com resinas flexíveis, como gel de poliuretano, espuma hidroativada e gel acrílico, para impermeabilização e selamento de estruturas flexíveis; sistemas cimenticios rígidos e flexíveis; selantes à base de poliuretano e à base de polímero, entre outros. Mas seja qual o modo a ser adotado, conforme descreve a norma de manutenção ou a de reforma, a mesma deverá ser feita sob análise de um profissional habilitado, o qual deverá descrever em sua responsabilidade técnica sobre o serviço, as ações adotadas, e recolher ART ou RRT sobre sua responsabilidade, assim como se necessário descrever as ações necessárias para ser incluída no plano de manutenção do edifício, em conformidade com a ABNT NBR 5674, das ações de manutenção, para monitorar, ou mesmo evitar o aparecimento de novas fissuras.

Comentários do Facebook
RSO Assessoria
Ronaldo Sá Oliveira
Sobre Ronaldo Sá Oliveira 238 Artigos
Diretor da RSO ASSESSORIA e PORTAL CONDOMINIO EM ORDEM CEO, especialista em normalização atuando em mais de uma centena de comissões técnicas nos últimos anos, dentre as quais ABNT NBR 14037 – norma de manuais de entrega; ABNT NBR 5674 – norma de gestão da manutenção; ABNT 16280 – norma de reforma (autor do texto base); ABNT NBR 15575 – norma de desempenho, ABNT NBR 16747 de inspeção predial etc. Prestador de assessoramento técnico, laudos, pareceres a condomínios e gestão de reformas. É assessor técnico de grandes entidades do setor imobiliário, construção e projetos, coordenador técnico de diversos manuais técnicos do setor e colunista de diversos canais voltados a construção e gestão de empreendimentos. whatsapp 11 99578-2550 ronaldo@rsoassessoria.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.